Bem-vindo à vila Morena!

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C
FacebookPartilharRSSadicionar aos favoritosimprimir

Unidade Móvel de Saúde e Apoio Social

O QUE É ?

A Unidade Móvel de Saúde e Apoio Social é um veículo que apresenta as condições necessárias à deslocação de uma equipa de profissionais, para prestação de cuidados de saúde e apoio social a pessoas geográfica e socialmente isoladas.
  • O funcionamento da UMS resulta de uma parceria entre ARS do Alentejo e a Câmara Municipal de Grândola, contando com uma equipa multidisciplinar composta por elementos do Município de Grândola e da Unidade de Cuidados na Comunidade “Serra e Mar”: assistente social, enfermeiro e motorista, a que poderão juntar-se outros técnicos, que contribuam para os ganhos em saúde e bem-estar da população do Concelho.
A Unidade Móvel dispõe de dois gabinetes para consultas e cuidados de enfermagem, equipamento médico e informático que permite a realização exames vários: Avaliação do Índice de Massa Corporal para despiste de Obesidade; Controlo da Pressão Arterial; ECG – Eletrocardiograma; Exame da Função Respiratória – Espirometria; Exame Otológico – Audiometria; Exame Oftalmológico – Acuidade Visual; Análises do Sangue (Glicémia,Colesteróis, Triglicéridos) e da Urina.
  • O objetivo geral da UMS é prestar cuidados de saúde multidisciplinares de natureza preventiva, de promoção, de tratamento, reabilitação e apoio social à população alvo: pessoas em situação de isolamento (social e/ou geográfico) e/ou com elevado grau de dependência, essencialmente idosos e pessoas em idade ativa com patologia mental. Pretende-se assim, através da UMS, contribuir para diminuir as diferenças na acessibilidade aos cuidados de saúde das pessoas idosas e/ ou com dependência, que vivem isoladas;promover a prestação de cuidados de saúde em proximidade; diminuir o isolamento social através do apoio psicossocial; e Identificar critérios de fragilidade e vulnerabilidade e atuar em conformidade.
A Unidade Móvel de Saúde e Apoio Social iniciou o seu funcionamento no passado dia 8 de abril, dando-se a conhecer a toda a comunidade e associando-se ao Dia Mundial de Saúde (7 abril), com um périplo pelas freguesias do concelho.
  • Durante este dia, e porque o tema do dia mundial da saúde foi a Hipertensão Arterial (uma preocupação de Saúde Pública - tratamento e prevenção), foi proporcionada informação e avaliada a Tensão Arterial a todos quantos quiseram fazê-lo.
Ainda que o objetivo seja abranger todo o concelho, a extensão do território concelhio e a inexistência, em rigor, de um levantamento das situações de isolamento, não permite definir uma atuação da UMS com essa abrangência. Nesse sentido o trabalho foi iniciado nas localidades onde a população está mais desprotegida em termos de cuidados de saúde e apoio social: na freguesia de Santa Margarida da Serra, nas localidades periféricas da freguesia de Grândola e na freguesia de Melides, onde foram também realizadas as primeiras visitas domiciliárias. A seu tempo, numa segunda fase, a UMS chegará às restantes freguesias.
  • Numa outra perspetiva, face à crescente preocupação que a Saúde e a Doença Mental representa na comunidade, designadamente no que respeita à população em idade ativa, este novo recurso pode também ser rentabilizado na resposta a esta problemática, acima de tudo no apoio/acompanhamento dos doentes e famílias. Perspetiva-se para isso aperfeiçoar a interface com a Equipa da Consulta Comunitária de Saúde Mental, visando aprofundar o conhecimento sobre a magnitude do problema, para poder delinear uma intervenção assertiva, sustentada e que se traduza em melhoria na qualidade dos cuidados prestados.