Bem-vindo à vila Morena!

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C
FacebookPartilharRSSadicionar aos favoritosimprimir

Roteiro Setecentista da Vila de Grândola

 

Título: Roteiro Setecentista da Vila de Grândola. Subsídios para uma Monografia III

Autor: Manuel Costa Gaio Tavares de Almeida

Edição: Câmara Municipal de Grândola

Data: Novembro, 1998

Ilustração: © João Videira

Fotografia: © Rui Gomes da Silva, © Idalécio Veríssimo, © Engº José Luís Dias

Coordenação: Ana Dulce Pires, Isabel Revez, Rafael Rodrigues

Grafismo: Milideias, Évora

Impressão: Gráfica Santiago, Santiago do Cacém

Depósito Legal: 130762/98

ISBN: 972-95139-7-X

Preço: 10,00€

Pedidos: gabinete.comunicacao@cm-grandola.pt

Ao longo de mais de cerca de 350 páginas, Tavares de Almeida dá corpo a parte do resultado da investigação que leva a cabo, desde há mais de quatro décadas, sobre o concelho de Grândola, procurando, conforme refere nas suas "Reflexões Preambulares", "com elas construir uma plataforma entre o passado e o presente, que servisse simultaneamente de suporte a futuras especulações e consequente elaboração de novos e fundados estudos orientados para a consecução da monografia que não temos".

Tal como qualquer roteiro bem organizado, a obra está dividida por arruamentos e praças da vila de Grândola, com "uma indicação metódica da localização, orientação e denominação" dos mesmos, "[...] depois de passados mais de dois séculos sobre a conquista da sua autonomia administrativa", oferecendo a "possibilidade de reflectir, não só sobre as comunicações internas daquela época, sobre o núcleo populacional que serviam, as edificações que as marginavam, os serviços públicos (administrativos, religiosos ou outros) a que davam acesso, mas também e sobretudo ajuizar a evolução que se operou até aos nossos dias; do que se construiu e do que se perdeu do nosso património histórico, durante os últimos dois séculos".

O conteúdo geográfico desta obra surge no momento em que o Município de Grândola está empenhado em vários planos e projectos que, a médio prazo, se vão traduzir numa nova e melhorada imagem da Vila, especialmente do seu centro tradicional que, afinal, corresponde aproximadamente ao espaço físico tratado no "Roteiro Setecentista da Vila de Grândola".