Bem-vindo à vila Morena!

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C
FacebookPartilharRSSadicionar aos favoritosimprimir

Um monumento para o Lousal - 5ª sessão pública de trabalho apresenta exposição de trabalhos

32359635 583614138663201 8143413389427736576 n 1 760 1000
20 de Junho de 2018

No próximo 23 de Junho vai ser inaugurada a exposição: “Um Monumento para o Lousal” que pretende dar a conhecer a primeira fase do projeto, a partir de uma abordagem documental, assente na apresentação das sessões de trabalho e nos registos fotográficos e videográficos realizados durante as mesmas.

O projeto de arte pública 'Um Monumento para o Lousal' centra-se no objetivo de devolver a arte à sociedade. A partir de uma estratégia de aproximação ao território e ao lugar, a população e as entidades envolvidas estão a trabalhar em conjunto para a afirmação pública da identidade coletiva dos habitantes da povoação mineira do Lousal.

O projeto teve início com a assinatura de um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Grândola e a Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, em 16 de Novembro de 2017. Nesse documento acordaram-se as linhas gerais de desenvolvimento do projeto e os compromissos a assumir por ambas as partes, assim como a definição das fases e objetivos gerais.

Com base no protocolo, na Faculdade de Belas Artes foram convidados alunos de 2.º e 3.º ciclo e investigadores de diferentes áreas a integrarem a equipa responsável pela realização do projeto. Esta equipa, composta por nove especialistas (em Arte Multimédia, Antropologia, Arquitetura, Escultura, Geografia e História da Arte) e cinco alunos de Escultura, foi constituída ainda durante o mês de Novembro.

O projeto iniciou-se em Janeiro de 2018 e estará concluído em Dezembro deste ano, decorrendo em duas fases distintas. A primeira fase, com início em Janeiro, correspondeu ao desenvolvimento do processo participativo, através da realização de sessões de trabalho mensais, abertas a toda a população e organizações locais, e teve como objetivo a elaboração, coletiva, do monumento a construir. Em cada sessão, recorrendo a metodologias colaborativas, a comunidade presente foi refletindo sobre as diferentes componentes necessárias à construção da escultura. Progressivamente e em coletivo, decidiu-se o tema, o conceito, o espaço, a forma, o material e demais elementos necessários à concretização do projeto.

A segunda fase, que terá início em Julho e decorrerá até Dezembro, corresponderá à produção e implantação da obra do território do Lousal. Esta será uma fase técnica, relacionada com a execução do projeto.

A inauguração da Exposição dos trabalhos elaborados no âmbito do Projeto de Arte Pública Participativa no Lousal está marcada para o próximo dia 23 de junho, às 16H30, no Salão do Lousal