Bem-vindo à vila Morena!

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C
FacebookPartilharRSSadicionar aos favoritosimprimir

Tomada de Posse da Câmara e da Assembleia Municipal

Tomada de posse do novo executivo da assembleia municipal e c mara municipal de gr ndola142 1 760 1000
23 de Outubro de 2017

 

O Cine Granadeiro recebeu no passado dia 18 de outubro a cerimónia da Tomada de Posse dos eleitos para a Assembleia Municipal e Câmara Municipal. António Figueira Mendes, reeleito no passado dia 1 de outubro, lidera o executivo municipal de maioria CDU, que governará no mandato de 2017-2021. Depois de agradecer a presença do público que encheu o auditório municipal, o Presidente da Câmara, referiu-se às prioridades para os próximos 4 anos “Hoje, viramos mais uma página na história do nosso concelho e, aqui, com a legitimidade que o povo nos conferiu, começamos um novo futuro. Um futuro com melhor saúde, mais solidariedade, melhor educação, com mais investimento e mais emprego qualificado. Melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, captar e fixar investimento e criar emprego, são as nossas grandes prioridades. Para tal, é necessário criar bases e continuar a investir em infraestruturas, em educação, em cultura, em desporto e em formação profissional, área em que apostaremos fortemente durante este mandato”. António Figueira Mendes anunciou ainda um vasto conjunto de intervenções e obras que irão arrancar de imediato “Vamos avançar com o procedimento para a construção da estrada de ligação da Zona Industrial Ligeira ao IC1. É uma obra essencial para as empresas que já lá estão instaladas e para conseguirmos atrair ainda mais empresas, como a LAUAK, que vai investir 22 milhões de euros em Grândola, criando, numa primeira fase, mais de 100 postos de trabalho. Vamos também dar desde já, início a uma série de obras essenciais em arruamentos e estradas, das quais destacamos: Pavimentação das ruas de Vale Pereiro, um conjunto de ruas da Vila, arruamento do novo Quartel dos Bombeiros, bem como a requalificação do Cemitério de Grândola, a reconstrução do Centro Comunitário de Água Derramada, a construção do Centro Comunitário da Aldeia do Pico e do recinto multidesportivo de Melides. Lançaremos os procedimentos para as seguintes empreitadas: Requalificação das estradas de acesso à Cilha do Centeio e às Sobreiras Altas, requalificação do Jardim 1º de Maio e da Olaria de Melides e concluiremos o projeto para requalificar a avenida Jorge Nunes”. Num discurso voltado para o futuro, o Presidente da Câmara, revelou ainda que “além do grande investimento público que, ao nível da Câmara, irá ter lugar nos próximos anos, ao nível do investimento privado, muito dele estrangeiro, irão iniciar-se no próximo ano, investimentos na Indústria, no Imobiliário e no Turismo, a rondar os 200 milhões de euros”.

Rafael Rodrigues, Presidente da Assembleia cessante e o candidato mais votado para a Assembleia Municipal, iniciou a sua intervenção pedindo um minuto de silêncio pelas vítimas, pelos bombeiros e pelo drama dos incêndios.

No seu discurso começou por referir que “ Passados exatamente quatro anos voltamos a este lugar, o Auditório Municipal, para assinalar a entrada num novo ciclo autárquico, cumprindo o que está estipulado na legislação e o que foi o resultado das recentes eleições autárquicas de 1 de Outubro”.

Rafael Rodrigues expressou “O desejo que consigamos nos próximos quatro anos encontrar as plataformas, as parcerias e os entendimentos necessários a garantir a linha de continuidade de desenvolvimento para o concelho, afirmando as nossas diferenças mas sabendo construir as pontes e as estradas que não obstaculizem a concretização de projetos e ações que todos reconheçamos como prioritárias e determinantes para criar melhores condições ao serviço público que representamos e para garantir o investimento público e privado que crie riqueza e emprego.” O autarca acrescentou que "A partir do dia de hoje, após a tomada de posse, temos todos a obrigação de representar e defender os interesses da população deste concelho para além dos objetivos inerentes a cada uma das posições que ocupamos e defendemos. Com a responsabilidade de sermos chamados a decidir sobre propostas para o futuro, devemos saber escolher o interesse comum.

 Na cerimónia tomaram posse para a Assembleia Municipal os 21 deputados eleitos diretamente no passado de 1 de outubro: 9 deputados da CDU, 7 do PS, 4 do GM e 1 do PSD. Para a Câmara Municipal tomaram posse o Presidente António Figueira Mendes (CDU) e os vereadores da CDU: Fernando Sardinha, Carina Batista e Ricardo Costa; os vereadores Aníbal Cordeiro e Ricardo Campaniço eleitos pelo PS; e António Candeias, vereador eleito pelo GM.

A seguir à cerimónia, realizou-se a primeira sessão da Assembleia Municipal, onde foram eleitos para a mesa: Rafael Rodrigues, da CDU (Presidente da Assembleia) e Elsa Maria Silva e André Ventura, da CDU, para 1.º e 2.º Secretário respetivamente.